Menino Topo
(44) 3031-0011

Bem-vindo

Sair Cursos Planos Cadastro Alterar Senha

Notícias

Publicado Em: 06/02/2013

Essa umidade chega às paredes da casa através de frestas, trincas ou pequenas fissuras que podem corroer as ferragens e causar sérios problemas à estrutura do imóvel. Além de comprometer o visual da casa, o mofo também é prejudicial à saúde.
Solução Problemas com mofo podem ser solucionados com massa e tintas específicas
De acordo com o engenheiro civil Miguel Fujinami, essa infiltração indicada pelo mofo começa a afetar o concreto, e a ferragem pode apodrecer. "Quando a umidade penetra, pode romper o ferr...o, por isso é importante buscar a causa do mofo assim que ele for percebido".
Diante do aparecimento das manchas na parede, é necessário procurar um profissional da área de construção civil para que ele detecte onde estão as fissuras. Após essa primeira etapa, o engenheiro explica que a solução para o problema pode ser a impermeabilização ou calafetação (colocação de massa para tapar o trinco) da laje.
O QUE É O MOFO?
São fungos que causam alergias respiratórias. Geralmente andam junto com os ácaros, que se alimentam de fungos. Por isso, quando eliminamos uns, os outros também desaparecem.
Em geral, ambientes com mofo têm um cheiro ruim e são prejudiciais principalmente para alérgicos.
Nos casos de existência de fungos dentro do banheiro, causados pelo vapor do chuveiro, é possível aplicar tintas antifungos, específicas para combater a umidade.
O engenheiro complementa que uma das causas das trincas é a estrutura mal feita durante a construção do imóvel. "Os espaços onde o tijolo encosta na laje são pontos críticos. Isso pode ser evitado com telas de aço. Quando não há o acompanhamento de um engenheiro na obra, muitos pedreiros não tomam esse cuidado".
Outra solução que pode evitar o aparecimento de fissuras é usar produtos aditivos específicos na massa do reboco. O construtor também deve chapiscar a massa (técnica que utiliza cimento, areia e aditivo, deixando a massa rugosa para aderir melhor ao tijolo).
Ainda no projeto da obra, é importante identificar no ambiente os pontos de falta de luz, calor e ventilação e a partir daí adotar as soluções de engenharia que impeçam a ocorrência simultânea de problemas, como a proliferação dos fungos. O ideal é manter os cômodos arejados e iluminados de forma natural.
Fujinami ressalta que ao perceber o mofo, o proprietário deve buscar a causa do problema e eliminá-la, ou seja, fechar a fissura com massa ou pintura especial.
No mercado da construção civil há disponíveis para venda vários produtos com propriedades antimofo, como tintas, vernizes, além de argamassas especiais, com maior poder de vedação.

- O Diario/Talita Amaral