Menino Topo
(44) 3031-0011

Bem-vindo

Sair Cursos Planos Cadastro Alterar Senha

Notícias

Publicado Em: 09/04/2014

Uma comitiva de profissionais do CREA-PR representando todo o Paraná, entregou ontem (7 de abril) ao Chefe do Estado Maior do Corpo de Bombeiros do Paraná, Cel. Fábio Mariano de Oliveira, um documento com sugestões para aprimorar e desburocratizar a aprovação de projetos junto ao Corpo de Bombeiros. As sugestões foram colhidas em todas as regionais do CREA-PR, que realizou encontros envolvendo profissionais que atuam na elaboração de projetos de prevenção de incêndio e representantes dos Grupamentos ou Sub-Grupamentos Regionais do Corpo de Bombeiros do Paraná.

Para o presidente do CREA-PR, engenheiro civil Joel Krüger, o resultado do trabalho com as 26 sugestões apresentadas, “sintetiza as oportunidades de melhoria destacadas pelos profissionais vinculados ao CREA-PR e debatidas com as representações do Corpo de Bombeiros. O objetivo é contribuir para a melhoria dos serviços e a segurança da população, objetivo comum das duas instituições”, ressaltou Krüger.

A engenheira civil Suzely Soares, representante da Regional Cascavel do CREA-PR, que foi coordenadora do Colégio de Entidades Regional (CDER) durante o trabalho ressaltou que o objetivo dos profissionais é melhorar o processo de aprovação. “É nosso interesse que a liberação dos projetos seja mais ágil, mas acima de tudo mantendo a segurança e a qualidade do projetos”. Ela ressaltou que o trabalho do grupo começou antes da tragédia da boate Kiss, que vitimou mais de 200 jovens em Santa Maria.
Falta de padronização

Durante a reunião, os profissionais questionaram a falta de padronização das análises. “Infelizmente, não é seguido um padrão único na análise dos projetos de prevenção de incêndio”, cobrou o engenheiro civil Massanori Hara, conselheiro do CREA-PR e representante da Regional Guarapuava.

Representando a Regional Maringá do CREA-PR, o engenheiro civil Altair Ferri, ressaltou que a corporação poderia implantar algumas inovações, como o uso da internet para determinadas consultas. “Não é um serviço gratuito prestado pelo Corpo de Bombeiros, por isso é importante que nós como clientes da corporação tenhamos um atendimento de qualidade”, ressaltou.

Para o engenheiro civil Roberto Pellissari, representante da Regional Ponta Grossa do CREA-PR, uma grande oportunidade seria que as análises dos projetos fossem realizadas por profissionais habilitados na área de engenharia. “Seria interessante que a corporação tivesse em seus quadros mais engenheiros, que assim poderiam dialogar com o profissional de engenharia com mais facilidade”, sugeriu Pelissari.

Participantes da reunião

Também participaram da reunião os engenheiros Sérgio Barbosa de Souza (Regional Apucarana), Edson Nishioka (Regional Londrina), Alcir Eccel (Regional Pato Branco), além do gerente da regional Maringá, Hélio Xavier da Silva Filho e do gerente do Departamento de Relações Institucionais do CREA-PR, Claudemir Prates.
Outro lado

O Cel. Fábio agradeceu a visita dos profissionais e prometeu uma nova reunião com o CREA-PR em 20 dias. “Vamos avaliar as sugestões recebidas e verificar o que é possível atender. Pelo que observei muitas das sugestões podem ser implantadas rapidamente. O importante é conversarmos na busca pelos objetivos comuns”, ressaltou.

Fonte: http://www.crea-pr.org.br/