Menino Topo
(44) 3031-0011

Bem-vindo

Sair Cursos Planos Cadastro Alterar Senha

Notícias

Publicado Em: 01/08/2017

A maioria dos itens indicados pela associação, entre outras entidades de classe da cidade, foram aceitos pelos vereadores.

A associação fez parte da Comissão Diretora de Fiscalização do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos Urbanos de Maringá (PMGIRSU), sendo representada pelo Engenheiro Civil Gilberto Donizetti Delgado, pela Engenheira Química Daniela Ferreira Traci e, representando o Condema, a Engenheira Civil  Lilianny Ripke Gaspar.

Participaram ainda da comissão representantes da Associação dos Geógrafos do Brasil, Instituto Funverde, OAB e Sindicato dos Engenheiros (Senge). A presidente da AEAM, Engenheira Civil Keila Uezi, ressalta a participação dos diretores da associação no processo: Engenheiro Civil Gilberto Donizetti Delgado, Engenheira Química Daniela Ferreira Traci.

“Foi um trabalho bastante árduo e com um tema que vinha sendo debatido há vários anos. Finalmente, com muita dedicação dos nossos diretores, entre tantos voluntários, e com a vontade tanto da Câmara quanto da Prefeitura, hoje tem o plano aprovado. Só temos a agradecer imensamente a disponibilidade e comprometimento dos nossos diretores envolvidos no processo”, frisa Keila Uezi.

Agência

Uma das emendas aprovadas determina a criação da Agência Maringaense de Gestão de Resíduos Sólidos no prazo de dois anos. As outras tratam, entre outros assuntos, da lavagem e desinfecção de feiras livres, construção de local de tratamento de resíduos em outras cidades e das hortas comunitárias do município.

A aprovação do plano é a condicionante do município para assinatura do contrato do aterro sanitário que receberá os resíduos de Maringá, conforme determinação do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). (As. de Imprensa AEAM - com informações do G1).